terça-feira, 30 de junho de 2015

Cota para compras no Paraguai permanece em US$300




Ficou finalmente definido que a cota para compras em outro país por via terrestre no Brasil permanece em US$300. Estava planejada, desde julho do ano passado, a diminuição do valor para US$150 em 1º de julho de 2015. Em portaria publicada nesta segunda-feira (29/06/2015) no Diário Oficial da União, a data foi prorrogada por mais um ano.

Portaria que mostra a prorrogação da medida

Incentivo para os Free Shops

A intenção era incentivar as vendas nos free shops instalados no Brasil, mas que até hoje ainda não entraram em funcionamento. Esta medida permitiria que 29 municípios da fronteira brasileira instalassem lojas de produtos importados sem impostos. Os chamados free shops ainda precisariam ser aprovados pelas câmaras de vereadores de cada município. Algumas cidades do Rio Grande do Sul, como Santana do Livramento, Jaguarão e Porto Xavier, já aprovaram leis municipais para regulamentar a atividade, mas a economia desfavorável e o dólar acima de R$ 3 tornaram o negócio pouco atrativo para os empresários.

Protestos e mobilizações

A possibilidade da redução da cota de compras para U$S 150 deixou os comerciantes da tríplice fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina bastante preocupados. O setor de turismo de Foz do Iguaçu e comerciantes de Cidade do Leste e Puerto Iguazú, acreditam que a redução afastaria turistas que procuram a região, tanto para atividades turísticas quanto para realizar compras. Os comerciantes das lojas no Paraguai já enfrentam uma situação bem crítica pelo baixo movimento de clientes e a redução da cota viria a agravar fortemente a situação.

Com o intuito de sensibilizar o governo, autoridades e empresários das cidades fronteiriças se uniram para protestar contra a decisão a fim de manter a cota em U$S 300. O Conselho de Desenvolvimento Social e Econômico de Foz do Iguaçu (Codefoz) procurou o apoio da senadora Gleisi Hoffmann, que participou de diversas reuniões com representantes da Receita Federal do Brasil e do Ministério da Fazenda

No mês de junho, em visita a Foz do Iguaçu, o ministro do Turismo, Henrique Alves, recebeu a reivindicação e se convenceu que a redução da cota não traria benefício para a economia brasileira. Alves deixou a cidade com a promessa de que chegaria em Brasília e falaria com o ministro Joaquim Levy, da Fazenda, para que a cota fosse mantida.


Futuro

Agora com a prorrogação da medida, esperamos que as autoridades tenham mais tempo para debater melhor e chegar a um acordo que seja benéfico para todos os setores das cidades envolvidas. Muito se fala que mesmo a cota de US$300 já está baixa e deveria pelo menos ser igualada à de viagem aérea, que é de US$500. Ficamos na torcida.



Fontes:
Zero Hora
Rádio Cultura Foz

segunda-feira, 25 de maio de 2015

Os melhores lugares para comer e almoçar em Ciudad del Este no Paraguai

Para aqueles que não costumam vir com tanta freqüência à Ciudad del Este, chega a hora do almoço e bate aquela dúvida... "Onde almoçar?"

Fizemos uma seleção de algumas praças de alimentação e restaurantes que existem pelo microcentro. Nem sempre é muito fácil encontrar um restaurante, pois a maioria fica nos pisos superiores dos shoppings e galerias, mas vamos lá:

Comidas Típicas: muitos já ouviram falar da tradicional 'chipa paraguaya', uma rosca feita de farinha de mandioca, manteiga, ovos e queijo. Há muitos vendedores que andam pelas ruas e até mesmo alguns carros com auto-falante que circulam pelo centro, como o da 'Chiperia Mi Abuela' e do 'Autorama'. Além da chipa, outro prato bastante conhecido é a 'sopa paraguaya' que é uma torta feita basicamente de farinha de milho, ovos, leite, queijo e cebola.

Chipa Paraguaya


Shopping del Este - No último piso restaurantes de buffet por quilo e à la carte. O 'Belsit' que é um restaurante de culinária italiana, com vários tipos de massas e risotos. O 'Ali Babá' que serve lanches e comida árabe, para quem deseja fazer uma refeição rápida. E o 'Comidas S.A.' que tem um buffet de comida brasileira e serviço de lanchonete.

Comidas S.A.
Ali Babá e Belsit


Shopping Ibiza - No 3o. piso há uma praça de alimentação com dois restaurantes de buffet por quilo e um lugar especializado em chás. Tem o 'Montana' que serve comida árabe e brasileira, com opções diferenciadas como 'cardápio fitness' para dietas especiais, panquecas e tapiocas. Tem o 'Le Chef', cujo proprietário é de origem libanesa, servindo comidas típicas árabes, com diversos tipos de saladas, doces árabes e boa variedade de sucos naturais. O valor do quilo é na faixa de R$40,00 a R$45,00. E o 'Bubble Mix' que traz uma proposta nova com vários tipos de chás, na faixa de R$7,00 a R$10,00.

Montana Grill
Le Chef 
Bubble Mix


Shopping Vendôme - A praça de alimentação fica no piso superior e há 3 restaurantes de buffet por quilo de comida brasileira e uma lanchonete, que seriam o 'Gula's', 'Restaurante Sélia', 'Tere's Restaurante' e o 'Café do Ponto'. Os três oferecem comida caseira brasileira, com valores entre R$23,00 a R$39,00 por quilo.

Gula's
Sélia Restaurante


Shoping Internacional - No 1o. piso tem um restaurante com buffet de comida brasileira por R$25,00 por quilo ou por R$20,00 o buffet livre.



Edifício Victoria - Trata-se de um edifício novo, inaugurado há pouco tempo, mas conta com uma praça de alimentação no 3o. piso onde há um restaurante de comida chinesa à la carte, o 'Restaurante Oriental'. Tem também algumas lanchonetes e um local especializado em chás e doces típicos de Taiwan, que se chama 'Té Amo'.

Restaurante Oriental



Shopping Alfonso I - No 3o. piso do shopping há uma praça de alimentação com um restaurante de comida brasileira por quilo chamado 'Sabor Brazil', na faixa de R$38,00 por quilo. E tem também o 'Café del Este' com opções de lanches, sucos variados e sorvetes coreanos das marcas Melona e Lotte.

Sabor Brazil
Café del Este


Monalisa - No último piso há dois restaurantes à la carte: o 'Bistrot Monalisa' de culinária internacional e o 'Sushi Hokkai' de culinária japonesa. E no 3o. o piso há um café para refeições rápidas, onde eventualmente tem-se música de piano ao vivo, tornando o ambiente bastante agradável.

Bistrot Monalisa
Café Monalisa

Como você pode ver, hoje existem várias opções para o almoço que atendem diferentes paladares, com qualidade e preços variados. Se tiver alguma sugestão ou quiser compartilhar alguma dica, escreva nos comentários. "Buen Provecho"!!

segunda-feira, 20 de abril de 2015

Shopping Paris: Em breve será lançado o maior shopping do Paraguai.


Para este ano está prevista a inauguração de um novo shopping em Ciudad del Este: o Shopping Paris, próximo a aduana paraguaia.



Este novo empreendimento tem uma proposta bastante interessante pois não se dirige apenas ao comércio de produtos propriamente dito, mas também contará com espaços para prestação de serviços, entretenimento, lazer e gastronomia, como por exemplo, contará com supermercado, bancos, casas de câmbio, academia, salão de beleza, cinema, restaurantes, etc.



A administração do shopping informou que o objetivo era proporcionar tanto ao turista, como ao morador da tríplice fronteira, uma opção de passeio, serviços e compras concentradas em apenas um local.



Em termos de área construída, será o maior shopping do Paraguai, com área total superior a 64.000,00m2, com 450 salas comerciais de área média de 40m2 e estacionamento para 1500 automóveis e 30 ônibus.



Segundo informação do shopping, o horário de atendimento deve ser de domingo a domingo, das 7:00 as 22:00, o que é bastante flexível se comparado ao horário normal de atendimento no microcentro de Ciudad del Este. Outros atrativos propostos são wifi livre, ambientes climatizados e estacionamento grátis para as pessoas que efetuarem compras.

Em breve informaremos mais a respeito da inauguração e das lojas que estarão presentes no local. 

quarta-feira, 8 de abril de 2015

LED, a nova tendência em iluminação e as várias opções encontradas no Paraguai

Há alguns anos o maior obstáculo para a utilização de Led era o investimento inicial, que na época era muito alto. Por isso as pessoas optavam pelas lâmpadas econômicas ou fluorescentes, como alternativa de iluminação com baixo custo e baixo consumo.

Painéis de LED em diversos tamanho e modelos.
Com o aumento da produção, oferta e disseminação de produtos em Led, os preços começaram a se tornar mais acessíveis, fazendo valer a pena todas as vantagens propostas desde quando foi lançado no mercado, como por exemplo: durabilidade muito superior aos outros tipos de lâmpadas existentes, consumo menor que uma lâmpada fluorescente e soluções de iluminação esteticamente mais interessantes, como os painéis de Led.

Fonte: Firelux, valores de referência do mercado brasileiro.
No Paraguai tem crescido significativamente a importação e o comércio deste tipo de produto. Hoje já se pode encontrar grande variedade de modelos e especificações, a preços interessantes. Encontram-se desde lâmpadas de Led com bulbo, painéis de Led, mangueiras para iluminação indireta, lâmpadas para lustres, até postes com iluminação Led que funcionam com energia solar. Inclusive alguns destes produtos não se encontram com facilidade no mercado brasileiro.
Ainda é um pouco difícil fazer um comparativo de preços, pois tanto no Brasil como no Paraguai, dependendo do fabricante e da loja, os preços sofrem uma grande variação. Por exemplo, uma lâmpada para lustre pode ser comprada no Paraguai por até 1/4 do valor comercializado no Brasil. Mas para quem quer economizar, vale a pena pesquisar antes de efetuar a compra.

Spots de Led de embutir.
Em Ciudad del Este há uma boa procura por esses itens citados acima, não somente pelas vantagens estéticas e pela durabilidade, mas também pela redução no consumo de energia. Em especial neste ano, com tantas notícias sobre o aumento do custo da energia elétrica no Brasil, muitas pessoas tem se preocupado e repensado de que forma estão utilizando seus equipamentos e sua iluminação, e analisado quais alternativas para melhorar esta situação.



Para espaços que tem um gasto muito alto com iluminação, a substituição de lâmpadas comuns por lâmpadas Led pode ser uma alternativa interessante. Ou para quem está iniciando uma construção nova, o custo de uma luminária e mais duas lâmpadas pode ficar mais alto que a compra de um painel Led. Como a durabilidade é maior, exige menos trocas de lâmpadas, gerando menos lixo também. Os fabricantes argumentam que os ganhos de longo prazo com a economia no gasto de energia e maior vida útil das lâmpadas de LED compensam o investimento inicial. 

Para quem tiver mais interesse, algumas lojas onde se pode encontrar artigos para iluminação em Ciudad del Este: Mundo de los Cristales, Paraíso das Luzes, Castelo Italiano, Dinamica Iluminación, Mundo dos Lustres, Impacto, Lumion, Eco Power, MDL, Class Decor, A&D, Mundo do Led, Shopping Hill, Eletropar, Tapé, Enerluz, SNE Lustres, Setga, entre outras.

Alguns exemplos de produtos que você encontra com bom preço no Paraguai:

Painel LED quadrado branco 18W

Clique aqui para ver o preço.

Painel Led encontrado na loja Mundo de Los Cristales.


Spot de embutir para Dicróica


Spot Dicróica da loja Paraíso das Luzes

Spot de embutir gelinho


Spot gelinho de embutir

sexta-feira, 27 de março de 2015

Receita Federal irá rever a normativa que reduz a cota de compras na fronteira

A medida que iria reduzir a cota de compras de US$ 300 para US$ 150 e implantar free shops (lojas francas), será revista pela Receita Federal. Em Brasília, na reunião com a comitiva de Foz do Iguaçu, formada por autoridades do município e representantes do setor empresarial, o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, e o secretário da Receita Federal, Jorge Rachid, se comprometeram a revisar a normativa que diminuirá a cota de isenção de impostos para compras no exterior. A mudança deve ocorrer no dia 01 de julho, mas, com todos os esforços, espera-se um resultado positivo.

Representantes na reunião, em Brasília (Reprodução CBN Foz)

quinta-feira, 26 de março de 2015

Ponte da Amizade terá pistas liberadas antes do tempo previsto

Nesta sexta-feira, dia 27 de março de 2015, a segunda metade da pista da Ponte da Amizade será liberada para o trânsito, marcando o fim da primeira parte das obras de revitalização, iniciadas em janeiro. Embora a ponte já estivesse em uso desde 1962, sua inauguração foi em 27 de março de 1965, e a reabertura da pista nesta sexta marca os 50 anos da ponte.

Pistas paradas para reformas antes da conclusão da obra

sexta-feira, 6 de março de 2015

Contra a diminuição da cota de isenção, cidades do Paraguai fecharão as lojas por um dia

Em dezembro do ano passado, a Receita Federal baixou a cota isenta de impostos para compras no exterior de US$ 300 para US$ 150. A decisão trouxe grandes preocupações para turistas, lojistas, sindicatos e muitas outras entidades, causando um alvoroço que fez com que a portaria fosse suspensa, quando mais tarde o governo brasileiro anunciou que a partir do dia 01 de julho de 2015 o valor de US$ 150 voltaria a vigorar. Em resposta a essa notícia, representantes do comércio em Ciudad Del Este, Salto Del Guairá e Pedro Juán Caballero se reuniram e estão organizando um evento que será realizado no dia 17 de março, onde todas as lojas estarão fechadas para protestar contra as medidas do governo do Brasil.

Rua de comércio em Pedro Juán Caballero, no Paraguai - município onde foi realizada a reunião